O SETIMO SELO

O SETIMO SELO

Compositor brasileiro João MacDowell transformou “Sétimo Selo” em ópera

No centenário de Ingmar Bergman a adaptação  do texto original em sueco estreou no Brasil

Em novembro de 2018 o concerto da ópera “O Sétimo Selo” do compositor brasileiro João Mac Dowell foi apresentado no Teatro Procópio Ferreira de Tatuí e em Ilhabela, no litoral de São Paulo, no Centro Cultural Baía dos Vermelhos.

O projeto Conexão Bergman juntou cinema e ópera numa co-produção cultural de excelência internacional, promovendo um expressivo intercâmbio artístico que reuniu profissionais do Brasil, Suécia e Estados Unidos. Em novembro passado o concerto de ópera teve sua primeira apresentação mundial na versão completa com coro, solistas e orquestra. Contou com a orquestra sinfônica e o grande coro do Conservatório de Tatuí, sob a regência do maestro Edson Beltrami, que se reuniram com o diretor de palco sueco, Bengt Gomér – que dirigiu Turandot de Puccini, no Dalhalla Opera com a soprano Nina Stemme no papel principal. Além de Gomér, sete solistas suecos (a soprano dramático Pauline Pfeifer no papel de A Morte, a soprano Johanna Martell no papel de Mia, o tenor Michael Axelsson no papel de Jof, a mezzo-soprano Linnea Andreassen como o Escudeiro Jons, Bjorn Larson no papel do Monge Raval, Maria Demérus no papel da Bruxa Tyan e o Barítono David Wijkman no papel do cavaleiro Antonius Block) estiveram na montagem brasileira ao lado de artistas locais.

Além dos concertos no Teatro Procópio Ferreira em Tatuí e no Centro Cultural Baía dos Vermelhos em Ilhabela – ambos com entrada franca – o projeto teve ainda uma extensa programação gratuita: workshop de produção fonográfica, com o compositor João Mac Dowell e José Carlos Pires Junior, coordenador educacional da FATEC Tatuí, masterclass de composição musical e masterclass de voz com solistas suecos e a exibição do filme o ‘Sétimo Selo’ de 1957 com bate papo sobre o processo de transcriação do filme em ópera, comandado por João Mac Dowell.

O projeto Conexão Bergman foi uma co-produção Brasil, Suécia e Estados Unidos, realizado pelo IBOC/NYC em parceria com a Green Point/RN, Conethics/SP, Teatro Vermelhos e Conservatório de Tatuí, com apoio da Lei Rouanet e patrocínio do Governo Federal, Ministério da Cultura e Volvo Cars.

Ópera e Cinema

O compositor João Mac Dowell desenvolveu a ideia de levar ‘O Sétimo Selo’ para o palco a partir de residências artísticas na casa de Bergman, nas Ilhas Fårö, em 2014 e 2015. “Eu estava na casa dele, podendo trabalhar na mesa do escritório dele, com acesso irrestrito ao seu estúdio de música, sua biblioteca, videoteca, sala de meditação e todos os arquivos. O natural era pensar em quais filmes dariam uma boa ópera”, relembra MacDowell. Vale lembrar que outra obra seminal de Bergman, ‘Gritos e Sussurros’, já havia sido vertida para a ópera por João em 2014.

Confira no teaser um pouco da estreia do Concerto de ópera “O sétimo selo”

Clique aqui para conferir o relatório de mídia espontânea da Conexão Bergman no Brasil.
Assessoria de Imprensa: Ana Paula Romeiro Revisão e relatório: Green Point Assessoria Ltda. Fotos do Concerto em Ilhabela: Joris Van de Putte

https://www.conethics.net/osetimoselo/about/o-setimo-selo

2019-09-26T17:32:38+00:00

Leave A Comment